Design,  Web Design

8 Erros que não deves cometer em Design

Olá Criativo,

No mundo do design é bastante comum cometeres alguns erros que podem prejudicar seriamente o teu negócio. Mas uma pessoa está sempre a aprender não é verdade? Deixamos-te aqui 8 erros aos quais deves prestar atenção quando estiveres a elaborar um conteúdo gráfico, seja ele de que natureza for.

1. Má conjugação de cores

Quando o assunto é design, não existem más cores, apenas más combinações das mesmas. A legibilidade é essencial para que o leitor usufrua de uma leitura clara e harmoniosa. Por norma, um bom designer opta por cores mais claras, uma vez que as cores escuras difultam a leitura e são desagradáveis aos olhos do ledor. Aqui vão alguns exemplos de boas combinações de cores:

 

 

 

 

combinação cores, creative discovery, blog design, designer
Fonte.Tiger Color

 

2. Pouco cuidado com as fontes

Torna-se também bastante importante saber qual a melhor fonte para cada design. Para isso, é importante ter em conta as características do cliente em questão, bem como a melhor linha estética a seguir. Por exemplo, um tipo de fonte que não é definitivamente bem visto aos olhos de um bom designer e do mercado é o Comic Sans. Inclusive há um site, o Comic Sans Project, que utiliza marcas conhecidas para demonstrar, de uma forma irónica, como esta fonte pode ser utilizada de forma incorreta.

3. Utilizar incorretamente RGB e CMYK

Este não só é um dos principais erros cometidos em design, como um dos mais graves. É importante que fique bem claro que estes dois formatos servem para fins totalmente distintos: enquanto que o formato RGB é utilizado para publicar algo no meio digital, o formato CMYK aplica-se quando se trata de impressos, sendo que este último é muito utilizado nas gráficas. Deste modo, se algum destes dois formatos for utilizado de forma incorreta, as cores no papel ou no digital não vão corresponder às cores originais. Em baixo, na opção “Color Mode” consegues ver onde vão aparecer estes dois formatos quando crias um novo ficheiro, tanto no Photoshop como no Illustrator:

RGB, CMYQ, erros design, agencia publicidade

 

4. Plágio

Utilizar propriedade intelectual de terceiros sem quaquer tipo de autorização é um erro que pode custar muito caro. Pois é Criativo, uma coisa é inspirares-te em alguma ideia através do Pinterest etc., outra é copiares algum trabalho por inteiro. Certifica-te que isto nunca acontece contigo ou com o teu negócio. Aqui neste vídeo podes ver um bom exemplo de plágio pelo talentoso Tom duBois, que sem querer, sofreu as consequências dos seus atos.

5. Muita informação

O excesso de informação é o primeiro passo para o leitor não prestar atenção ao teu design. Por isso, em vez de investires no texto (que não deixa de ser importante), investe mais em imagens criativas e elementos feitos por ti. Mostramos-te em baixo um exemplo de design da marca Babu apelativo aos olhos do público, que tem pouca informação e elementos apelativos:

bom exemplo design

 

6. Desalinhamento

A harmonia entre os vários elementos é também um fator essencial que não pode ser descartado na elaboração de um design. A presença de linhas tortas e imagens desalinhadas revela falta de brio, rigor e profissionalismo.

7. Não utilizar o shift

A tecla Shift pode parecer uma simples tecla de um computador, mas faz toda a diferença para que os elementos de um design não fiquem desformatados. Portanto, Criativo, sempre que quiseres aumentar ou diminuir um design, nunca te esqueças de acompanhar com a tecla shift! Damos-te um exemplo do logo da Creative aumentado sem shift (primeiro) e aumentado com shift (segundo).

shift, bom design, agencia marketing, creative discovery

 

8. Erros ortográficos

Por fim, torna-se igualmente importante estar atento à gramática e erros de sintaxe. Pode acontecer o designer ter que ser o próprio copywriter, sendo que neste caso convém saber escrever e estruturar uma frase. Ter conhecimentos em inglês também é uma mais valia para utilizar em algumas situações.

Espero que tenhas aprendido alguma coisa connosco, Criativo! Se gostaste, dá-nos o teu feedback.

 

 

Partilhe o que aprendeu :

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *